Pacificadores

"No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas." (Rm 12:18)

Vivemos em um mundo cheio de guerras, discórdia e ódio. Todos os dias temos motivos para nos perturbar e acabar com nosso ânimo. Qual o nosso papel nesse cenário? Como temos nos posicionado em meio as adversidades? Somos pacificadores, agentes de paz ou julgadores, intolerantes?

Nós como cristão fomos chamado a promover reconciliação. E como temos nos portado diante de controvérsias?

Ter seu modo de vida, sua convicção, seu modo de pensar, sim não há problema nisso mas é desnecessário entrar em conflitos que não levarão a lugar algum simplesmente porque alguém não concorda com você ou tem um ângulo diferente.

Quem está em paz com Deus não pode estar em guerra com as pessoas. Necessário existir Respeito! Ao invés de procurar saber de quem é a culpa, queira resolver o problema.

A palavra “pacificador” nos originais em grego é “eirenopoios” e nos remete a uma pessoa pacífica, que ama a paz e trabalha para construí-la. Jesus estava chamando seus discípulos a, primeiro, amar a paz; segundo, a promovê-la mesmo num contexto em que ela não é amada. Um desafio, que exige muito trabalho!

"Deus para Seus planos e propósitos precisava de alguém exatamente como você para amar os antipáticos - para trazer alegria a um mundo frio e sombrio - para trazer a paz em situações e diálogos confusos - e ser bondoso em tempos que nossa cultura está desoladamente cruel."

Podemos talvez não acabar com a violência mas podemos agir com gentileza, cuidar e amar dos que estão ao nosso redor, podemos agir com empatia e compaixão, podemos dispor tempo e atenção, podemos orar! "Pois a bondade é a colheita produzida pelas sementes que foram plantadas pelos que trabalham em favor da paz." (Tg 3:18)

"A paz de espírito dá saúde ao corpo..." (Pv 14:30). No que depender de você, escolha sempre promover reconciliação, ser agente da paz!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chega de mornidão!

A Graça é de Graça

Não Pare!